terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

- Clip - Björk -

Bachelorette

Passado o período de férias, estou aqui de volta para tratar dos mais variados assuntos, como de costume... e vamos começar o ano aqui no "arte de quem" musicalmente, pois nada melhor do que uma trilha sonora pra embalar o nosso reinício.

A escolhida de hoje é a cantora islandesa Björk, que desde muito cedo viveu mergulhada no mundo da música, mas apenas com a sua participação na banda Sugarcubes (de 1986 a 1992) foi que ela alcançou a fama para além dos limites da Islândia. Famosa principalmente por misturar na sua música os mais diversos estilos possíveis: tecno, pop, rock, clássico, etc... tudo tem espaço na música de Bjork, fã declarada de Elis Regina. Mas também não é nenhuma novidade que ela é excentrica demais para chamar a atenção apenas por sua música (inclusive foi eleita a personalidade mais excentrica do mundo em 2006 por uma pesquisa de uma revista da BBC) e aí começam as outras alternativas para complementar o "estilo Bjork" de ser, que passa pelo visual surreal, clipes incomuns, atos incompreendidos, alguns fãs malucos e até participações em filmes. Como atriz, ganhou a "Palma de Ouro" em 2000 com a personagem Selma, do também premiado filme "Dancer in the Dark", do diretor Lars Von Trier.

O clipe de hoje é da música "Bachelorette" do disco Homogenic, que mostra mais ou menos o quanto a produção dos clipes da cantora são criativos. Este clipe é uma história surreal, na qual Bjork encontra um grande livro que se escreve sozinho e decide publicá-lo. A partir deste momento alguns eventos vão se sucedendo como a fama repentina, o sucesso do livro, o romance com o seu editor, etc. Tudo vai bem até o rompimento do relacionamento com o editor, que inicia o declínio do seu precoce sucesso e o clipe termina da forma mais inesperada possível.

Este clipe foi premiado com o Grammy como Melhor Videoclipe de 1998. Vale a pena ver!

video