segunda-feira, 30 de junho de 2008

- Cultura ao alcance de um clique -

O post de hoje vai ser um pouco diferente do que costuma ser e vai ser também um pouquinho mais sério... de fato, vai ser especial. Hoje vamos tratar da modernidade nossa do dia a dia, com uma série de indicação de links e sites. Vamos lá, então!

Ferro de passar de antigo

É muito comum, e na certa isso já aconteceu com todo mundo, aparecer no nosso círculo de convívio alguém dizendo que preferia ter nascido numa época X... e algumas vezes somos nós próprios quem diz isso, mas essas frases são ditas sem uma reflexão mais cuidadosa. Apesar dos problemas que temos hoje de motivos diversos (superpopulação, aquecimento global, violência, etc), se realmente fosse possível mudarmos de tempo, acredito que certamente não ficaríamos muito contentes com a escolha, depois de passado um tempinho. Mesmo com a desigualdade social em muitos lugares, hoje as pessoas têm acesso a uma série de facilidades nunca vistas anteriormente na história, como, apenas citando alguns exemplos, podemos afirmar sem medo que a medicina hoje é muito evoluída, a expectativa de vida é alta como nunca foi antes, a fome tem diminuído, mais pessoas tem acesso à educação, etc. Hoje vivemos na mais próspera das épocas da humanidade, apesar de tudo!

Clique na imagem para ampliá-la... e visitem o site do Benett

Para melhor exemplificar tudo isso, basta olhar para a atual facilidade de acesso à cultura. Não é preciso ir muito longe no tempo... há 20 ou 15 anos, uma pessoa que conhecia muito de música, por exemplo, geralmente era alguém que gastava uma fortuna com discos, que trabalhava na área musical ou que ainda era muito bem relacionado com pessoas do meio. Hoje, basta a vontade de querer conhecer que é possível baixar em blogs ou sites ou escutar qualquer álbum de qualquer banda em rádios online, sem precisar de grandes conhecimentos em internet. Baixar músicas gratuitamente na internet é considerado como um crime de pirataria, prejudicando o artista e etc, mas é muito comum encontrar pessoas que há muito tempo não compram um cd. E analisando bem, o prejuízo pra valer é muito mais para as gravadoras que estão vendo as vendas de cds caírem vertiginosamente. Com esta queda, os artistas estão sendo obrigados a suarem um pouco mais a camisa, apostando muito mais em shows. O lado bom é que com a internet, muitas bandas têm aparecido e explorado este veículo, como é caso da banda "Clap Your Hands and Say Yeah", que após grande sucesso na internet através de sites como o "My Space" e “Youtube”, despertaram a atenção de uma gravadora e conseguiram seu lugar ao sol.


E os filmes? Pra conhecer mesmo de cinema o fulano tinha que rebolar e, de novo, ter muita grana pra gastar nisso. Clássicos do cinema como "Cidadão Kane", "Cantando na Chuva", "Psicose" ou "Metrópolis" eram conhecidos apenas por poucos, geralmente por quem morava nas capitais... e da mesma forma que com as músicas, também já é possível baixar uma variedade enorme de filmes na Internet (o fórum do FARRA é uma ótima opção), e igualmente, já vai tirando o sono das grandes produtoras que começam a ver as vendas de DVD caírem. É muito fácil achar em qualquer lugar uma banquinha de DVDs piratas de filmes ou em blogs também. Com isso, a quantidade de filmes por ano tem sido menor em Hollywood, além de produções mais baratas começarem a conquistar maior espaço. Nos três últimos prêmios de melhor filme do Oscar, três filmes independentes foram indicados e dois ganharam ("Crash - No Limite" e "Pequena Miss Sunshine").

Os maiores jornais do mundo já têm há algum tempo sua versão online e alguns mundo afora já começaram a parar com a versão impressa. Dentro de pouco tempo já será possível para qualquer um assistir TV pelo celular graças a tecnologia 3G. A TV já está na internet e com uma conexão boa é possível ver uma infinidade de canais (através do programa “joost”). Algumas séries famosas de TV começaram a disponibilizar seus episódios mais antigos para downloads gratuitamente (como por exemplo, o South Park). Revistas famosas também começaram a disponibilizar o conteúdo de edições passadas para quem queira ler gratuitamente (Super Interessante). A facilidade é tão grande hoje que grandes universidades, como é o caso do MIT - Massachucetts Institute of Technology, por exemplo, já disponibilizaram o material de seus cursos (já tem em português também) para aqueles autodidatas que queiram se aventurar. Já é possível, inclusive, ler clássicos da literatura brasileira e/ou mundial pela internet também (pelo site do Domínio Público). Tem até um site de vídeos (waitless) que dá dicas para as pessoas perderem o mínimo de tempo possível ao fazerem coisas comuns do dia a dia! Tudo isto e muito mais está acessível e muitas vezes de forma gratuita. E internet hoje está bem fácil... já fazem previsões de que até 2012, 25% da população mundial terá acesso a internet.

Através dos tempos ficou muito claro que a arte e a cultura de forma geral eram favorecidas para as elites, que sempre tiveram acesso. Os artistas sempre miravam nesta mina de ouro durante a história e muitos grandes mestres sobreviveram graças aos favores de mecenas, como foi com Leonardo Da Vinci... afinal, era preciso sobreviver de alguma forma. Considerando tudo isto, essa democratização do acesso à cultura é uma revolução sem igual na história e pelo que já vimos até aqui, as cenas dos próximos capítulos prometem ser ainda mais quentes. Ah... e pense duas vezes antes de dizer que preferia ter vivido na década de 70, 60, 50, etc!

PS: Visitem os sites indicados do arte de quem... é diversão e informação garantida!

quinta-feira, 26 de junho de 2008

- Balanço hardcore -

Quem nasceu até meados da década de 80, é quase certo que teve uma infância bem agitada, cheia de brincadeiras, jogos, aprontando mil coisas, etc. E o balanço era um dos brinquedos quase obrigatórios em todos os playgrounds... e muitas das mães sempre davam os mesmos conselhos: "Cuidado pra não balançar alto demais!"

Hoje com a geração videogame, não é muito comum ver crianças fazendo "malabarismos" por aí, mas como sempre é 8 ou 80, de vez em quando aparecem uns malucos por aí que resolvem exagerar de vez e o vídeo de hoje (ótima indicação do meu amigo Norberto) mostra um desses garotos praticando o que eu chamo de balanço hardcore. É preciso muito treino, muita prática e alguns parafusos frouxos na cabeça. Só imagino a histeria de uma mãe ao ver seu filho brincando tão comportadinho como no vídeo!

Confiram:


Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.


------------- // ---------------

quarta-feira, 25 de junho de 2008

- E lá vem história -

Desta vez, sem desculpas... e lá vem história!

Clique na imagem para ampliá-la.



--------------------- // ------------------------

sexta-feira, 20 de junho de 2008

- Zack Kim -

Como já deu pra perceber, o garoto ao lado chamado Zack Kim é uma fera com as guitarras. Não, não foi erro de concordância... ele é bom com as guitarras mesmo!! O cara é tão fera que toca duas ao mesmo tempo e ainda que faça a gente crer que é uma coisa fácil enquanto vêmos o vídeo, na verdade não tem nada de fácil! Aqui vai dois vídeos da performance de Zack, tocando músicas conhecidas de quase todo mundo, que são a trilha do jogo do Super Mário e a trilha de abertura do desenho dos Simpsons.


Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.

E por falar em Simpsons, na terça passada no post que eu tratava do filme dos Simpsons, acho que me empolguei enquanto escrevia e acabei me esquecendo totalmente de colocar a indicação de um site super legal para os fãs do desenho, mas vamos consertar isso. No site Simpsonize me, você mesmo pode fazer com que uma de suas fotos se transforme num personagem de Matt Groening (criador dos Simpsons) de forma simples e fácil.

O site agora tem versão em português e é muito intuitivo e fácil de mexer, sem grandes segredos. Tem um passo-a-passo ilustrado que orienta o usuário para como deve ser a foto que será transformada. Um barato!

Dada a dica, vejam o virtuosismo de Zack Kim!


Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.




----------------------- // -----------------------------

quarta-feira, 18 de junho de 2008

- Ilusão de Ótica -

Como este mês tem sido um pouco complicado para desenhar, vou ter que adiar mais uma vez a seção "E lá vem história", mas logo as coisas voltam ao normal. Enquanto isso, vamos tratar no post de hoje da ilusão de ótica.

No vídeo abaixo, fixe os olhos no centro da imagem e mantenha os seus olhos nele (funciona melhor se o vídeo for visualizado em tela cheia). No final do vídeo, olhe para qualquer coisa (por exemplo, as costas da sua mão) e uma coisa muito louca vai acontecer. São as curiosidades que acontecem com a nossa mente.

PS: Além de deixar a gente meio "vesgo", eu acho que este vídeo não é muito recomendado para aqueles que tenham bebido um pouco além da conta!!


Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui!



--------------------- // ------------------------

terça-feira, 17 de junho de 2008

- Trailer - Simpsons -

Geralmente quando falamos de desenho animado, é natural associarmos a um entretenimento exclusivamente feito para crianças... e na maioria das vezes é mesmo! Mas existem também alguns desenhos mais ambiciosos que focam num público maior com assuntos mais complexos, capazes de agradar desde as crianças até os avós destas crianças, e este é o caso dos Simpsons. Criado por Matt Groening para a emissora FOX, "Os Simpsons" está no ar nos Estados Unidos desde 1989 e com isso, é a mais bem sucedida série no país com 19 temporadas e uma infinidade de prêmios dentro e fora dos Estados Unidos.

Mas um dos pontos que mais marcam a série é o humor ácido com que os personagens tratam assuntos delicados das mais diversas naturezas. Com o seu humor, criticam os costumes americanos, o governo do país, o preconceito, celebridades, outros países e até a própria Fox. Falando o que muito poucos tem coragem de dizer, os Simpsons conquistaram uma fama enorme mundo afora e muitas vezes suas "mensagens" causam um impacto enorme que vai muito além dos limites da fronteira americana. Muitas polêmicas já foram protagonizadas pelo desenho tanto dentro do seu país, como fora dele. Por exemplo, o desenho foi banido da Venezuela e causou grande repercussão na Argentina por citar Juan Perón (um ídolo nacional, para muitos) como um ditador.

Em 2002, a série satirizou o Brasil no episódio "O Feitiço de Lisa" (clique no título do episódio para assistí-lo) causando grande polêmica, o que rendeu muitos protestos do governo brasileiro e do secretário de turismo do Rio de Janeiro (cidade "alvo" do episódio), além de uma ameaça de processo da Embratur por denegrir a imagem do país, o que só fez aumentar a curiosidade do público e a tiração de sarro da imprensa internacional pela atitude do governo, na época do então presidente Fernando Henrique Cardoso. No episódio, os brasileiros são retratados como um povo com um comportamento sexual agressivo, loucos por futebol e a cidade do Rio de Janeiro é mostrada cheia de macacos e ratos, programas infantis com apresentadoras provocantes, sem contar que Bart e Homer são atacados por trombadinhas e Homer sequestrado por um taxista. Ainda que muitas coisas citadas no desenho sobre o Brasil sejam irreais (como a quantidade de macacos na cidade do Rio de Janeiro), outras foram exageradas, o que mexeu com o patriotismo de muita gente que viu o episódio. Na minha opinião, o humor ácido dos Simpsons sobre o Brasil é uma crítica muito apropriada para que o país reflita melhor sobre seus costumes e a falta de atenção de seu governo para prioridades básicas que são colocadas em segundo ou terceiro plano.

O ponto principal de hoje é o filme "Os Simpsons", lançado em 2007. Com um grande sucesso, já faturou uma fortuna e conta a história de Homer causando uma catástrofe ecológica em Springsfield, fazendo com que o governo isole a cidade do resto do país, o que causa uma grande confusão. O filme é muito legal e como sempre, utiliza o bom humor para criticar o desinteresse das pessoas pelas questões ambientais, as ações do governo, entre outras coisas.

Veja o trailer e tire suas próprias conclusões:


Caso não consiga ver o trailer, clique aqui!

PS: O episódio "O Feitiço de Lisa" do link no início do post, recomenda que seja visto pelo Internet Explorer.


------------------- // -----------------------

sexta-feira, 13 de junho de 2008

- Música com o Windows -

Sabe aqueles sons que o Windows tem para cada ação, como o som do clique, de um erro, etc? A criatividade sem limite de alguns já encontraram uma utilidade para isso também. Um rapaz (perdão, não sei o nome do autor e nem maiores detalhes) pegou os sons do Windows 98 e XP, juntou, editou e fez uma música com o que tinha. O resultado faz a gente até duvidar que sejam somente com os sons do Windows em algumas partes.

O vídeo abaixo já teve mais de 2 milhões de visitas no Youtube e mostra um faça-você-mesmo na descrição, dando todas as dicas, programas, etc (em inglês). Muito interessante!


Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui!




------------------ // ----------------------

quinta-feira, 12 de junho de 2008

- Uma foto por dia durante 3 anos -

Esta garota da foto é a artista Ahree Lee que em 2001 teve uma idéia um tanto estranha, apesar de simples: tirar uma foto por dia de seu rosto, na mesma posição, durante 3 anos. Após este longo período, em 2004 a artista juntou todo o produto de seu trabalho num vídeo de 3 minutos, colocou uma música de fundo e pronto, estava feito um vídeo bem interessante!

Em 2007 foi indicada para receber um prêmio da Online Film & Video na categoria experimental, além da faturar quatro prêmios de curta-metragem, três deles nos Estados Unidos. Um belo exemplo de que muitas vezes através de coisas aparentemente simples, pode-se conseguir grandes resultados.

Abaixo está o vídeo (comprimido para 1 minuto). O mais interessante é que cada segundo do vídeo equivale a mais ou menos uma semana de trabalho.


Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.




------------------ // ---------------------

quarta-feira, 11 de junho de 2008

- A Metamorfose -

Por motivos maiores (leia-se "não deu tempo de fazer"), a seção "E lá vem história" vai ficar pra quarta-feira que vem. E sobre o post de hoje... não, pessoal, não vou falar de Kafka. Aqui vai o terceiro e último (por enquanto, pelo menos) vídeo da série das transformações feitas por computador. E nada mais justo do que falar do videoclipe que foi pioneiro neste efeito. Em 1991, Michael Jackson voltava as paradas de sucesso com a música "Black or White", que alcançou um enorme sucesso graças ao seu videoclipe.

Repetindo a fórmula de Thriller, clipe este que foi considerado um dos melhores de todos os tempos, o mesmo diretor foi convidado para a direção, além de ter o ator Macaulay Culkin (de 'Esqueceram de Mim') estrelando o vídeo em pleno auge de sua carreira. O videoclipe com moldes de curta-metragem foi transmitido simultaneamente para 27 países, inclusive Brasil. O vídeo gerou polêmica por mostrar o astro quebrando vitrines e carros pela rua, que logo foi retirado depois de toda a repercussão. Mas o que realmente chamou muito a atenção neste clipe foi o efeito de metamorfose por computador das pessoas que participavam do vídeo, o que fez com a música ficasse muito tempo no topo das paradas.


Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui
.

O mais engraçado é que a música cai como uma luva no vídeo abaixo, pois a música "Black or White" (que traduzindo é "preto ou branco") leva a gente a querer colocar uma interrogação no final do título da música. Nesta época, todo mundo percebeu que Michael Jackson realmente estava ficando, digamos assim, um tanto pálido! A partir de então começou uma sucessão de polêmicas, acusações, explicações que não convenciam, e mais um bocado de atos bizarros, o que foi um prato cheio para a imprensa. Este ano está previsto o lançamento de um novo álbum com músicas novas, algo que desde 2001 não acontecia. Vamos ver o que ele vai aprontar agora!

Enquanto isso, veja "Black or White?"

video

segunda-feira, 9 de junho de 2008

- Mulheres no cinema -

Seguindo a fórmula do post anterior, desta vez vai um vídeo com o mesmo processo de "transformação" das mulheres, mas com grandes atrizes da história do cinema. Assim como no vídeo anterior, é interessante observar que, mesmo sendo todas lindas mulheres, o conceito de beleza muda um pouco de acordo com o tempo. Esta observação é muito mais evidente no vídeo do post anterior, considerando que com a invenção da máquina fotográfica, a arte não precisava mais retratar as pessoas com tanta fidelidade... pra isso bastava tirar uma foto. A arte estava livre pra explorar os campos da imaginação.

O vídeo deste post também é muito bom e méritos para o criador que escolheu muito bem as atrizes.


Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.




------------------- // ------------------------

sexta-feira, 6 de junho de 2008

- Mulheres na arte ocidental -

Este vídeo super interessante mostra obras de arte marcantes da história da pintura ocidental em que o personagem central é a mulher. A transição de uma pintura para outra acontece como uma se transformando na outra... apesar de não ser nada novo, é muito legal!

A mulher sempre marcou presença na arte e entre os quadros mais importantes da história é muito fácil ver pelo menos metade destes retratando a mulher. Inclusive é um dos meus temas favoritos em pintura. Mesmo sendo avesso a auto-propaganda (o que podemos dizer que é uma contradição quando se trata de um blog), hoje abri uma exceção e a imagem que ilustra este post é uma das minhas pinturas.

A
beleza feminina, mesmo naquelas que não estão no velho padrão de beleza disseminado pela mídia, é sutil. Um prato cheio pro mundo da arte!


Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.




----------------- // ---------------------

quinta-feira, 5 de junho de 2008

- O Maravilhoso Sistema de Trânsito da Índia -

Se você dirige e mora numa cidade com mais de 350.000 habitantes (algumas vezes nem precisa tanto), é muito provável que alguma vez você já reclamou do trânsito. Em São Paulo então, nem se fala! Mas como tudo nessa vida depende de ponto de vista, o que pode parecer um inferno num momento, pode mudar sensivelmente de aparência quando nos deparamos com outra realidade. E isso nos faz refletir que por mais que estejamos ruim das pernas, parece que sempre tem um que está pior do que nós em algum lugar, na maioria das vezes.

O vídeo abaixo mostra um pouco mais de 2 minutos do "maravilhoso sistema de trânsito" de uma cidade da Índia (perdão, mas não sei qual é a cidade) que, assim que vi, me lembrei imediatamente de um desenho antigo do pateta no trânsito, que deveria ser enviado para muito motorista por aí. É uma confusão tão grande que é surpreendente que os carros continuem andando.

Vamos ao vídeo:


Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.


Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.




----------------------- // -------------------------

quarta-feira, 4 de junho de 2008

- E lá vem história -

Hoje é uma hq já antiga sobre a ingenuidade das crianças.
Clique na imagem para ampliá-la.




------------------- // -----------------------

terça-feira, 3 de junho de 2008

- Abraços de Graça -

Imagine a seguinte cena: um homem andando sem destino nas ruas de uma grande cidade com um cartaz oferecendo serviços de "Abraços de Graça". Pois é... mas isto aconteceu mesmo! Este vídeo, que foi eleito como o vídeo do ano pelo Youtube, mostra a saga de Juan Mann que estabeleceu como sua missão alcançar e abraçar pessoas estranhas nas ruas como uma forma de trazer um conforto gratuito para todos. Até o momento, o vídeo alcançou a impressionante marca de ter mais de 27 milhões de acessos. A equipe do programa humorístico americano Jackass chegou até a criar uma pegadinha se inspirando nesta campanha... mas é claro, deturpando totalmente o sentido original.

A campanha se tornou um sucesso fenomenal, mas não demorou para esbarrar na ação da polícia que proibiu o ato (talvez imaginando que algum mal intencionado pudesse se aproveitar da situação para aplicar algum golpe, quem sabe!?). No mundo atual, a hiperconectividade virtual que temos com todo o mundo é um contradição enorme se considerarmos que o contato humano é cada vez mais distante por conta de inúmeros fatores, como por exemplo, a violência. Uma atitude tão ingênua como esta é até encarada com desconfiança!

Veja o vídeo.


Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.





--------------------- // -------------------------