segunda-feira, 31 de março de 2008

- Clip - Nine Inch Nails -

Este é o clip da música "Sunspots" da banda americana de rock industrial Nine Inch Nails. Na verdade o Nine Inch Nails não é bem uma banda... afinal, só tem um integrante oficial! O Nine Inch Nails (ou NIN) é o Trent Reznor, que cria as músicas, faz a produção, a direção musical, canta, toca os instrumentos, etc. Quando o NIN sai em turnê, geralmente ele convoca os músicos para acompanhá-lo e por aí vai.

Não sei se este é um clip oficial do NIN ou se foi feito por um fã, mas é muito interessante porque utiliza um vídeo feito pela NASA para demonstrar detalhadamente como seria o envio de robôs que analisariam o solo de Marte. E a música casa perfeitamente com o vídeo.

O NIN é mais uma "banda" que entra na onda da música livre, colocando o comércio de CDs em cheque. Esta onda começou com a banda Radiohead que lançou o álbum "In Rainbows" e disponibilizou na internet dizendo que cada um pagaria o que achasse justo, podendo baixar o album todo ou apenas as músicas que gostassem. Só pagariam o preço do disco aqueles que quisessem o CD com o encarte e tudo mais. Em fevereiro, Trent Reznor entrou na onda e lançou Ghosts I-IV.


Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.

sexta-feira, 28 de março de 2008

- R2-D2 de verdade -

E pra fechar o assunto Star Wars, vamos a um gadgets dos sonhos de todo nerd. Na verdade, não é tão novidade assim (considerando que hoje no dinâmico mundo tecnológico, coisas com mais de um ano de lançamento não são mais novidades) que é o fabuloso R2-D2 Interactive Astromech Droid, um pequeno robôzinho réplica do personagem do filme capaz de atender a mais de 40 comandos de voz, braço embutido para carregar copos e latas de refrigerantes e cervejas, sensor removível, sistema de navegação através de sonar, sons e calor, indicador de status adaptáveis, além de algumas outras funções escondidas. É muito legal!

Pros interessados, é possível comprar um R2-D2 por U$ 129,99 (sem contar o frete, é claro) na loja paraíso dos geeks e nerds, a Think Geek. Ele só precisa de uma oferta de palavras que ele atenderá (em inglês - em português acho que ainda não tem, não tenho certeza). O mais legal é que quando você pergunta sobre diferentes personagens do filme, ele tem uma reação diferente. Engraçado é quando você pergunta sobre Darth Vader!

Hoje, já tem até o sabre de luz (Star Wars Force FX Yoda's Lightsaber) como brinquedo, iluminando e emitindo os sons. Êta... se tivesse isso na minha época de infância!!!



Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui e aqui.

- Paródia Star Wars -

Como não poderia deixar de ser, um sucesso tão grande como Star Wars sempre rende umas paródias e bobagens do tipo... e vai longe, não tem jeito. No Japão mesmo, fizeram umas gracinhas com o poder do Darth Vader, principal personagem da série, como vocês podem ver no vídeo deste post.

Outra grande sacada e que virou um hit no Youtube com mais de 5 milhões de acessos foi a mistura da luta entre Rei Arthur e o Cavaleiro Negro da comédia Monty Python e o Cálice Sagrado com características do Star Wars, fazendo com que o Cavaleiro Negro tivesse falas do Darth Vader, além da luta ser com sabres de luz. Realmente foi um trabalho bem feito.

E pra fechar o assunto "bobagens", saiu o Lego com os personagens do Star Wars. E eis o que fizeram então: um concerto com os personagens de Lego do Império, sob a regência da batuta do mestre Darth Vader. Ficou muito legal também, mas... como diria o meu pai: "Quem não tem o que fazer, vai cagar longe!"


Polícia Japonesa Vs Darth Vader:

Rei Arthur vs Cavaleiro Negro (com características do Star Wars):

Concerto Lego Star Wars:

Caso não consiga ver os vídeos, clique aqui, aqui e aqui.

- Trailer - Star Wars - Episódio IV -

Como hoje é sexta-feira (o que significa que amanhã e depois eu normalmente não posto nada), vamos tratar de um fenômeno do cinema que se alastrou para diversos campos, que é o filme Guerra nas Estrelas (Star Wars). O primeiro filme, de 1977, foi um inesperado sucesso (naquela época a ficção científica não fazia sucesso, o que significava logicamente que não geraria uma boa bilheteria) que rendeu uma série de produtos, brinquedos, acabou gerando também uma franquia literária, jogos eletrônicos, desenhos animados e mais recentemente, produtos de eletrônica, informática e até robótica (como veremos hoje), o que foi mais que suficiente para que a saga rendesse mais 5 filmes. O grande golpe de sorte de George Lucas foi o descrédito da Fox quanto a um filme futurista, cedendo então todos os direitos do filme para ele... aí veio a bomba. Com o sucesso do filme, George Lucas pôde montar várias companhias, com destaque para a IML - Industrial Light & Magic, empresa que revolucionou a indústria cinematográfica com seus efeitos especiais de altíssima qualidade, desenvolvendo tecnologia própria, e uma referência na área.

Inicialmente, George Lucas escreveu 6 horas de filme já prevendo a resposta negativa do estúdio da Fox, que tinha convencido a filmar a estória (antes, outros tantos nem quiseram saber da idéia). Desta forma, ele dividiu a estória em 6 partes e decidiu que seria mais interessante para o público naquele momento filmar os 3 últimos, pois eram mais cativantes. Nos anos 90, estes episódios foram remasterizados e relançados, com algumas cenas adicionais (que não seriam possíveis quando foram lançados). Em seguida, nos fim dos anos 90, saiu a notícia da filmagem dos 3 primeiros episódios.

Hoje vamos colocar o trailer de 1977 do Episódio IV (o primeiro a ser filmado) e nos posts seguintes, o quanto a série influênciou as pessoas com suas estórias que misturam a ficção científica com mitologia e, dependendo do ponto de vista, até religião. Ou seja, fadado ao sucesso!



Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.

quinta-feira, 27 de março de 2008

- Mel Brooks -

Como no último post falamos do filme Agente 86, que será lançado nos cinemas em junho deste ano, nada mais apropriado do que falar de um dos cérebros do famoso seriado que é homeageado no filme, o ator e cineasta Mel Brooks. Se hoje o pessoal mais novo não se lembra ou não sabe quem é este senhor, em outras épocas ele foi um dos principais nomes da comédia. Tendo como especialidade a paródia, ganhou o Oscar com o filme Primavera Para Hitler (The Producers), além de muitas outras indicações e tem no seu currículo filmes como Banzé no Oeste (Blazing Saddles), Um Louco a Solta no Espaço (Spaceballs), os filmes dos Muppets e Drácula - Morto mas Feliz (Dracula: Dead and Loving It), entre muitos outros. Com seu humor escrachado e sacadas inteligentes, garantiu seu lugar na história da comédia no cinema.

Hoje vamos tratar de um de seus filmes: A História do Mundo - Parte 1. Como não podia deixar de ser, este é mais um filme escrachado sobre a história do mundo, desde a pré-história até a revolução francesa. Tem cenas impagáveis como o homem inventando o fogo ou como Moisés recebeu os dez mandamentos. Estas são as duas cenas que vamos ver aqui. No fim do filme, Mel Brooks fez um trailer hilário do filme seguinte que nunca foi filmado (talvez tenha sido esta a intenção mesmo), mas que foi o suficiente para que um sem-número de pessoas ficassem como loucos procurando o segundo (rs... acho que fui um deles também!).

Um pequeno exemplo de como Mel Brooks era rápido pra fazer humor, certa vez, perguntado num programa de TV nos Estados Unidos se ele concordava com os críticos que o acusavam de que seu humor era pornográfico, ele respondeu: "Porra nenhuma!"





Caso não consiga ver os vídeos, clique aqui e aqui.

PS: Pra quem quiser ver os 10 minutos iniciais do filme, seu lugar é aqui.

quarta-feira, 26 de março de 2008

- Trailer - Agente 86 -

E já que estamos falando de lançamentos, também em junho (no dia 20) chega aos cinemas o filme Agente 86, uma versão atualizada do antigo seriado dos anos 60 de mesmo nome, dirigido pelo Mel Brooks. O ator principal que fará o papel do agente 86, Max, é o fabuloso Steve Carrell, brilhante ator que fez, entre outros filmes, o premiado Pequena Miss Sunshine.

Na verdade, não sei o que esperar deste filme, mas acho que vale a pena ver... mas como eu sempre digo, é sempre bom não criar expectativas para filme nenhum, afim de evitar possíveis decepções.

Este seriado marcou presença na infância de muita gente por aí (inclusive na minha). Para matar a saudade dos saudosistas, junto com o trailer vai também a antiga abertura do seriado, que hoje pode ser visto no canal TCM Classic Hollywood (infelizmente para muitos, pois é um canal fechado) além de outras raridades como Os Três Patetas e Esquadrão Classe A.





Caso não consiga ver os vídeos, clique aqui e aqui.

- Trailer - Novo Hulk -

Com estréia prevista para 13 de junho, chega às telas o novo filme do incrível Hulk. O que se tem visto na indústria cinematográfica é que fazer filme de super-heróis dos quadrinhos tem sido muito rentável (quando o filme agrada os fãs das histórias), mas também tem sido uma dor de cabeça quando os fãs não gostam do que foi filmado. É compreensível que um personagem de quadrinhos faça tanto barulho entre o público, afinal, fez parte da infância de muita gente. A repercussão que o primeiro filme do Hulk teve foi enorme... muito mais pra negativa do que pra positiva. Houve muitas críticas sobre a aparência do personagem, das cenas absurdas, do enredo, etc.

Mas como também os lucros são consideráveis, mesmo que o filme não corresponda as expectativas... então, fizeram um upgrade no Hulk para uma continuação, desta vez com outro ator vivendo o Bruce Banner, que vai ser encarado pelo ator Edward Norton, que fez um belíssimo trabalho em Clube da Luta, além da própria criatura, que ganhou uma aparência mais próxima do que era nos quadrinhos. E os fãs do herói ficam na expectativa até junho de um filme digno do super-herói. Enquanto isso, vejam o trailer:



Caso não consiga ver o trailer, clique aqui.

terça-feira, 25 de março de 2008

- Trailer - O Iluminado -

Considerado um dos mais importantes diretores de cinema do século XX, Stanley Kubrick era um sujeito extremamente perfeccionista. Normalmente filmava 40 takes de cada cena, o que por consequência fazia com que a produção de seus filmes não correspondessem a uma programação prévia. Dentre seus principais trabalhos estão os filmes "Lolita", "2001 - Uma odisséia no espaço", "Laranja mecânica", "Nascido para matar" e "De olhos bem fechados", seu último filme.

Hoje vamos tratar do filme "O Iluminado", de 1980 e um de seus clássicos. Adaptado do livro de Stephen King, o cineasta mudou a história do livro, o que foi o suficiente para o autor criticá-lo duramente. O filme foi um sucesso e muitos dizem ser o melhor filme do diretor, além de conter uma das cenas mais assustadoras da história do cinema (foto).

O filme conta a história de uma família que, graças ao novo emprego do pai, escritor, tomam conta de um hotel no rigoroso inverno do Alaska, da qual outros empregados enlouqueceram com a Síndrome da Cabana por viver tanto tempo enclausurados. A Síndrome da Cabana ocorre quando pessoas vivendo muito tempo enclausuradas acabam se rebelando umas contra as outras. O filho do casal é o iluminado, com o dom de prever e rever acontecimentos.




O interessante do filme é a forma criativa que o diretor encontrou de fazer uma das versões do trailer de cinema, de forma simples e direta.


Caso não consiga ver os vídeos, clique aqui e aqui.

segunda-feira, 24 de março de 2008

- Juiz de Futebol Ninja -

Como foi dito no último post, ingrata é a profissão de juiz de futebol ou árbitro (como queiram). Xingado, pressionado, afrontado, caluniado, tendo a qualidade de seu trabalho comprometido seriamente por um pequeno erro que todos nós somos passíveis de cometer. Em casos extremos, jogadores e torcedores mais exaltados não se contentam em apenas homenagear o juiz e já partem logo pra agressão... para o juiz, o certo a fazer é se esquivar, fugir, chamar a mãe e a policia, para que a sua autoridade não perca a razão e o respeito.


Mas, como são humanos e este bicho é um ser imprevisível e complicado, sempre tem um mais esquentado que não aguenta levar desaforo pra casa e resolve mostrar que não é só chegar e bater que tá tudo certo. Aqui está um vídeo que mostra bem estas raríssimas situações... e este é até mais inusitado porque geralmente quando o juiz resolve partir para o confronto acaba se dando mal. Com este, ou a sorte estava de mãos dadas ou ele é melhor lutador do que juiz!


Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.

- Trapalhadas de goleiros e juízes -

Acreditem, no Brasil que tem impregnado o clichê de país do futebol, tem muita gente que não gosta de futebol. Geralmente, no meu ponto de vista, os que não gostam são aqueles que não sabem jogar, que relacionam o esporte ao fanatismo de muitos, que se sentem incomodados com a comoção que o esporte causa na classe mais pobre, os que não entendem as regras do jogo ou os que não enxergam a beleza e o inusitado numa partida. É como o aluno de escola que não gosta de matemática porque a professora não é simpática ou porque ela não sabe explicar do jeito que faz o assunto ficar mais simples.

O futebol também tem muitas situações engraçadas e inusitadas. Aqui vai uma compilação trapalhadas cometidas por goleiros e juízes, que segundo muitos, são as duas piores ocupações dentro do esporte. O juiz, aquele elemento tão homenageado pela torcida (assim como a sua mãe), tem que abdicar da sua humanidade e não errar (ou errar o mínimo possível). O mesmo acontece com o goleiro, que qualquer erro cometido é um desastre para a equipe.


Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.

- Top 20 de gols perdidos -

Vamos tratar hoje da paixão nacional, o futebol. Mas não vamos tratar assim de qualquer jeito... o mais interessante do futebol é o imprevisível, afinal, como todos já estão carecas de saber, nem sempre o melhor vence neste esporte, o que é uma característica muito especial. E como o imprevisível é tão presente dentro das quatro linhas, vamos ver o top 20 dos mais impressionantes gols perdidos.

No futebol, um time que numa competição é inferior, mas que tem um esquema tático inteligente e jogadores atentos e que se entregam ao objetivo (a vitória), tem grandes chances de superar uma equipe de talentos reconhecidos. Muitas vezes o psicológico dos jogadores se torna inimigo e aliado, o que é visível neste vídeo (pelo menos é a explicação que eu encontrei!).

Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.

quinta-feira, 20 de março de 2008

- Theo Jansen -

Como não vou postar nada neste feriadão de Páscoa, publico aqui agora o trabalho do gênio Theo Jansen. Alguns chegam a compará-lo com Leonardo Da Vinci (que acho precipitado, mesmo Theo sendo realmente fantástico).

Mas vamos explicar isso aí. Theo Jansen é um engenheiro artista que estudou ciências na universidade de Delft na Holanda, terra do grande mestre da pintura, Jan Vermeer. Nos seus primeiros anos como artista, fazia apenas pinturas. Aí então ele começou o projeto de um grande disco voador que realmente voava em 1980, o que causou muita comoção em sua cidade. Por mais de 15 anos, Theo Jansen vem criando seus "animais da praia", esculturas cinéticas feitas de plásticos, papelão, fita adesiva, etc., que direcionando o ar que os rodeia ganham mobilidade adquirindo desta forma uma "vida" própria.


Seus animais tem pernas, músculos (pistões pneumáticos), estômago (garrafas de plástico para estocar o ar) e nervos (agrupamentos de dispositivos on/off que trabalham muito bem como entradas lógicas). Só há uma palavra para definir Theo Jansen: gênio!


Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.

Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.

- Lilly, o gênio de 18 meses -

Esta é Lilly, um bebê de 1 ano e meio que é um gênio da geografia. Ela sabe identificar no mapa mundi qualquer país! De fato, eu não sei quem é mais admirável aqui... se é Lilly ou se são os pais dela.

A criação de um gênio depende muito dos pais (uma coisa que eu sempre acreditei), dando acesso ao que é preciso para que a criança se desenvolva, além do não menos importante incentivo. O compositor Mozart tocava piano aos 5 anos de idade e antes dos 15 já tinha composto a primeira sinfonia (senão me engano com 13 anos, não tenho certeza)... mas o que seria de Mozart se não fosse seu pai? Ele chegava a ser cruel com o filho, fazendo com que seguisse a carreira de músico e se tornasse uma virtuose, talvez por ter essa vontade frustrada para si próprio, quem sabe?

Mas vejamos o desempenho de Lilly:


Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.

- Os Flinstones -

Quem não se lembra do desenho dos Flinstones, família da idade da pedra que vivia em pleno "desenvolvimento" paleolítico da humanidade. Por muitos anos este desenho fez companhia a algumas gerações de crianças pelo mundo afora.

O vídeo postado aqui agora pode parecer um absurdo nos dias de hoje, mas estamos tratando dos anos 60 e 70. É engraçado como as coisas mudaram... em grande parte da história da humanidade passavam-se 100, 200 anos e as coisas eram as mesmas, com pouquíssimas diferenças, até o boom industrial. Hoje, em 10 anos as coisas mudam muito mesmo!


Pois é... voltando ao vídeo, esta é uma propaganda de cigarros estrelada pelos Flinstones! Nessa época era a coisa mais comum do mundo ver propagandas de cigarros (as propagandas do cigarro Hollywood eram um show a parte), nos anos 70 tinha anúncio do último lançamento em serras elétricas em revistas de alcance nacional (vou procurar uma pra postar aqui depois), entre tantas coisas que hoje receberiam uma chuva de processos dois minutos após serem veículadas.



Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.

quarta-feira, 19 de março de 2008

- Adam Waters -

Este maluco chamado Adam Waters resolveu que queria um pouco de fama, mas não estava nada contente com o seu corpo. E aí é que veio a idéia dele! Durante 84 dias pegou pesado para emagrecer, malhou, fez uma dieta balanceada e a cada um destes dias, tirou uma foto sua.
O golpe de mestre foi colocar todas as 84 fotos dos 84 dias de guerra à sua gordura e fazer um vídeo com elas em 48 segundos. No final das contas, ele conseguiu o corpo que queria, conseguiu uma relativa fama e ainda deu uma mensagem muito clara de que, quem quer realmente algo, é só se dedicar e fazer.



Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.

terça-feira, 18 de março de 2008

- Toyota Prius -

E já que hoje estamos tratando do amanhã, vamos ao Toyota Prius, o carro que vai facilitar a vida de muita gente e que muito provavelmente no futuro o principal dispositivo dele esteja em diversos carros de todas as montadoras. O grande diferencial do Prius é o estacionamento automático. Você só tem o trabalho de encostar ao lado da vaga e apertar o botão. Até me lembrei agora de uma previsão que meu pai fazia (em tom de brincadeira, é claro) que daqui há uns séculos o homem iria evoluir tanto que era capaz de nascer com um dedo só: o de apertar o botão!

Não tenho muita certeza, mas me parece que a BMW também tem um carro desenvolvido com essa tecnologia. Por isso acredito que não vai demorar muito pro sistema "auto-parking" virar um sistema comum. Como era antigamente com o vidro-elétrico... era "coisa do futuro" esse negócio de apertar um botão e o vidro baixar ou levantar sozinho!!! Até parece piada falar isso hoje em dia.



Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.

- Asimo -

Outro dia eu publiquei um post sobre a Impressora 3D e tinha feito um comentário sobre Os Jetsons, um antigo desenho animado de uma família que vive no futuro, fazendo uma analogia entre o desenho e as novidades de hoje.

No desenho, a família tinha como empregada um robô que fazia todo o serviço doméstico e era dotada de sentimentos. Apesar do desenho de Hanna-Barbera ter sido feito apenas para o entretenimento da garotada, se analisarmos bem havia muita coisa além de uma diversão fácil de digerir, como a integração do homem ao meio criado por ele e o quanto o homem ficou dependente disto.

Mas o ponto aqui é a empregada-robô, que dentro em breve não será mais um personagem de ficção científica de filmes como Guerra nas Estrelas. A Honda lançou o ASIMO, um robô que promete ser a melhor ajuda para o homem (e o maior pesadelo para as empregadas domésticas), capaz de servir bebidas em bandejas, correr, andar de mãos dadas, subir escadas e aprender ao longo do tempo. O vídeo a seguir é um comercial do Asimo. Parece que o futuro já chegou mesmo!


Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.

segunda-feira, 17 de março de 2008

- Tom Zé Sobre o Plágio -

Vamos falar mais um pouquinho de Tom Zé para mostrar melhor a dimensão de sua genialidade. Criativo, costuma surpreender em suas músicas -assim como em suas declarações- utilizando suas ótimas sacadas sobre assuntos pouco lembrados como, por exemplo, falar da burrice (Sabor de Burrice), do vendedor ambulante (Camelô), utilizar nomes de conhecidos lugares da cidade de São Paulo para criar um triângulo amoroso (Augusta, Angélica e Consolação), cantar os números de seus documentos e outras formas de identificação (1, 2, Identificação) ou utilizar o rock e o pagode como comparação ao amor. O surpreendente é algo corriqueiro no trabalho deste músico.

Com diversos prêmios em seu currículo, como o de melhor canção no IV Festival de Música Popular Brasileira da TV Record em 1968 (com a música São Paulo Meu Amor) e o Prêmio Shell de Música em 2007, Tom Zé é o brasileiro mais pesquisado no mundo pela internet com mais de 2 milhões de acessos. Também aclamado pela crítica internacional tendo, por exemplo, o disco Estudando o Pagode figurando em 3º lugar na lista dos melhores discos estrangeiros de 2006 pela revista americana Rolling Stone ou com o disco Com Defeito de Fabricação, como um dos melhores discos de 1998. E não para por aí... criador dos InstruZÉmentos (instrumentos criados por ele utilizando os mais diversos objetos), aos 70 anos teve aulas de DJ e já declarou ter como sonho tocar em rodoviárias e bordéis. Um figura sem dúvida, fantástica!


Neste vídeo tirado de uma entrevista do programa Ensaio da TV Cultura, ele fala sobre o que o levou à criação da música Se o Caso É Chorar, mais uma vez se valendo do inusitado.


Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.

- Tom Zé -

E já que citamos Tom Zé no último post, vamos caprichar e falar dele direito. Natural de Irará / BA e formado em música pela UFBA, foi um dos que deram forma ao movimento Tropicália, junto com nomes como Caetano Veloso e Gilberto Gil, entre outros. Com sua forma criativa de abordar diversos temas, não foi compreendido pelo público que não soube reconhecer a genialidade do seu talento.

Na década de 80, o "Tróstki do Tropicalismo" amargou uma profunda depressão. Decidiu voltar para sua terra natal, abandonar a música e trabalhar no posto de gasolina de um parente e, segundo ele próprio, nessa época mal tinha forças para se manter. Até que David Byrne veio ao Brasil e ouviu o disco Estudando o Samba... encantou-se imediatamente e decidiu que precisava conhecer pessoalmente de qualquer maneira o gênio que fez a pérola. Conheceu Tom Zé, que desistiu de abandonar a música, e assim David Byrne lança os discos do brasileiro nos Estados Unidos pelo seu selo (Luaka Bop) e começa a partir de então a sua volta por cima.


O álbum Com Defeito de Fabricação foi eleito pelo New York Times um dos 10 melhores discos de 1998, consolidando desta forma também o seu "renascimento" na música popular brasileira e o respeito pela crítica internacional. Analisando hoje, podemos ver o quanto Tom Zé esteve a frente de seu tempo. O vídeo a seguir é um trailer do aclamado documentário Fabricando Tom Zé, que conta um pouco da sua história.


Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.

- David Byrne -

Ex-líder da banda Talking Heads, o músico, compositor e fotógrafo David Byrne é um pesquisador exemplar. Para um músico de sucesso, é essencial que exista esta pesquisa para que ele próprio tenha referências suficientes para reinventar ou aperfeiçoar o seu estilo e de certa forma, manter-se com fôlego para acompanhar o tempo atendendo as expectativas de seu público.

No entanto, para nós brasileiros, o grande feito do escocês David Byrne foi ter apresentado para o mundo o baiano Tom Zé, que estava mergulhado no limbo do esquecimento no Brasil e nos mostrado o quanto fomos injustos com ele... e nos seus áureos momentos, Tom Zé não foi um músico qualquer. Participou e ajudou a moldar o movimento Tropicália com a sua genialidade excêntrica. Autor de um dos mais importantes albuns da música brasileira (Estudando o Samba - que também tinha caído no esquecimento).


Neste vídeo, David Byrne mostra seu reconhecimento à MPB cantando o clássico da música nordestina Asa Branca, de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira.



Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.

sexta-feira, 14 de março de 2008

- Clip - Tony Blair -

E se sobrou pro patrão, porque não sobraria pro coleguinha dele? Outro trabalho danado para fazer com que o 1º ministro britânico, Tony Blair, cantasse uma música que na época tinha tudo a ver com a sua situação no governo. A música é o clássico "Should I Stay or Should I Go" do The Clash. O título da música já diz tudo (Devo ficar ou devo ir?).

O interessante deste clip (e do último também) é que não só a edição do discurso para encaixar na música ficou perfeita, como o vídeo também ficou ótimo. Esta montagem é hilária e também, admirável.



Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.

- Clip - George W. Bush -

É isso mesmo! Você leu o título certo! Há algum tempo apareceu um maluco por aí que resolveu editar um discurso do Bush e fazer de uma forma com que ele cantasse uma música! Que trabalheira deve ter sido... mas ficou legal demais! Colocaram o coitado pra cantar "Sunday Bloody Sunday" do U2. E que escolha mais acertada!

Um pouco de história: a música do U2 trata do Domingo Sangrento, nome dado a uma chacina acontecida em 30 de janeiro de 1972 pelo exército britânico contra um grupo de pessoas desarmadas que faziam uma manifestação pacífica a favor dos direitos civis e contra o governo da Irlanda do Norte, onde 20 pessoas foram feridas e 13 morreram (6 eram menores). Algumas foram até atingidas pelas costas... tremenda covardia!


A manifestação protestava contra a prática do governo irlandês de prender sumariamente pessoas que fossem suspeitas de cometerem atos terroristas. Os soldados britânicos que foram os protagonistas do show de horror atiraram sem qualquer motivo aparente ou aviso prévio. O grupo terrorista IRA (Exército Republicano Irlandês) era o inimigo número 1 do governo e queriam a separação da Irlanda do Norte. Com este episódio, o que seria uma forma de coibir as ações terroristas do IRA acabou se tornando um incentivo para que o grupo terrorista recebesse um enorme número de jovens voluntários e se tornasse ainda mais forte. O Domingo Sangrento marcou o início do conflito que depois se transformou em guerra civil.



Caso não consiga ver o vídeo, clique aqui.

quinta-feira, 13 de março de 2008

- Trailer - Batman, o Cavaleiro das Trevas -

Depois de uma desastrada passagem do diretor Joel Schumacher assumindo Batman Forever e Batman & Robin (tão ruim que quase acabou com a série e a reputação do super-herói), um novo diretor encarou o desafio (Christopher Nolan) de fazer um filme sobre o herói de uma forma mais próxima à realidade com Batman Begins e vem chegando aí o novo filme da saga do homem morcego, o Cavaleiro das Trevas.

A sequência desta nova abordagem do personagem é muito aguardada pela enorme quantidade de fãs do homem morcego, que não esperam o momento de finalmente matarem a curiosidade. Neste filme, ressurge o Coringa e ouvi dizer que começa a aparecer o personagem Harvey Dent, promotor da cidade de Gotham e que mais tarde, nas estórias do gibi, tem um surto de dupla personalidade e vira o vilão Duas Caras.


Parece que desta vez as coisas vão funcionar direito. Vamos ao trailer:



Caso não consiga ver o trailer, clique aqui

- Trailer - Indiana Jones 4 -

Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal (isso caso o título do filme seja traduzido como está no inglês, o que nem sempre acontece) tem estréia prevista para 22 de maio e já faz um tempão que em todo canto surgem boatos da filmagem da continuação... e bota tempo nisso! A última cruzada, o 3º filme da série, foi filmado em 1989.

Muitos boatos ocorreram desde então. Já foi dito que o 4º filme seria sobre a cidade perdida de Atlântida, ou que seria filmado na Amazônia sobre o mito de El Dorado, ou ainda que o personagem principal seria outro ator... chegaram a dizer até que o Indiana Jones seria na verdade o filho do personagem em ação.


Passado tanto tempo, a expectativa acabou fazendo que o filme não fosse tão empolgadamente recebido pelo público. Mas tudo pode mudar (ou não!). Vamos esperar pra ver... enquanto isso, o trailer:




Caso não consigam ver o trailer, clique aqui

- Trailer - 1984 -

Em tempos de Big Brother (para minha infelicidade pessoal), nada mais apropriado do que falar do filme 1984, adaptado do livro de George Orwell escrito em 1948. 1984 é uma ficção que conta a estória de um mundo pós-guerra atômica, que foi dividido em 3 estados e Londres é a capital da Oceania, dominada por um partido que tem total controle de seus cidadãos.

Na estória a sociedade é totalitária e as emoções são consideradas ilegais, mas um dos funcionários do partido comete o atrevimento de se apaixonar por uma mulher. Os dois resolvem escapar dos olhos e ouvidos do "Big Brother" (não é trocadilho... é assim mesmo o nome) que vigia tudo e todos.


A grande curiosidade aqui é que 1984 começou a ser filmado exatamente no dia em que começa o diário do personagem da estória de Orwell (4 de abril de 1984), provavelmente de propósito.


De uma certa forma, George Orwell foi profético, afinal, atualmente em todos os cantos nós somos vigiados por câmeras de segurança.



Caso não consiga ver o trailer, clique aqui

quarta-feira, 12 de março de 2008

- Clip - Ok Go -

Esta banda norte-americana de rock alternativo fez um clipe de forma independente e ficou mundialmente conhecida graças a ele, na qual os integrantes fazem uma bela coreografia em esteiras elétricas, daquelas de academias.


Bastou para que a banda ficasse conhecida como a "banda do youtube", com mais de 31 milhões de acessos (até hoje). Uma idéia simples, mas com um resultado fantástico.


A banda ainda conseguiu emplacar mais dois hits, mas o maior sucesso ainda é Here it Goes Again, que vêmos a seguir:


- Clip - White Stripes -

E já que tocamos no nome dos White Stripes, vamos à eles.


O clip da música Conquest é mais uma sacada genial da banda. Com alguns clipes muito interessantes como "Fell In Love With a Girl", "Hardest Button to Button" e "Seven Nation Army" que ficaram super conhecidos, nada mais natural do que criar-se em torno da banda uma expectativa grande sobre os clipes lançados por eles, sempre esperando por uma nova surpresa. E a banda tem correspondido.


Em tempos de consciência ambiental e a preocupação com os maus tratos com os animais, este clipe acertou em cheio e logo virou um hit, combinando a música com o clipe, cheio de humor.


- Clip - Fujiya & Miyagi -

Hoje vamos tratar de música... mais precisamente de clips.

Como já havia comentado outro dia, a arte de hoje está cada vez mais buscando interagir com outras linguagens e com a música não é diferente. De uns tempos pra cá tem acontecido de muitas bandas se tornarem famosas por causa de um clip bem feito, casando a imagem com a sua música.


Não é o caso do Fujiya & Miyagi... ainda! Depois de ver esse clip, acredito que não vai demorar muito para termos mais um destes casos. A banda, que não é japonesa (é inglesa ou americana... não sei direito) caprichou nesse clip que é show demais!! Esta é mais ou menos uma versão 2.0 do clip do White Stripes "Fell In Love With A Girl" que ficou super famoso por ter sido feito com peças de Lego.


Vamos a ele:


terça-feira, 11 de março de 2008

- Google Brain -

Conheçam o Google Brain! É um projeto da Google para implantar futuramente no site de buscas uma tecnologia com inteligência artificial. No caso, você diz o que quer e o programa traz para você. Pelo jeito, coisas muito mais impressionantes vem por aí e não vai demorar muito... aguardem cenas do próximo capítulo! (rs)
Ainda não tenho informações do lançamento desta belezura, mas acredito que deve ser pra uns dois anos ainda. No vídeo, vocês podem ter uma idéia de como será divertido.


- Impressora 3D -

Me lembro que quando eu era pequeno um dos meus desenhos favoritos era Os Jetsons, uma família que vivia no futuro. O interessante do desenho eram os gadgets (termo usado para essas novidades tecnológicas de hoje) mas que na época nem tinham um nome específico. Era o telefone com imagem (profetizando a video-conferência), era o telefone no pulso (mais ou menos profetizando o celular), o forno que fazia a comida com um comando de voz (hoje seria um micro-ondas high-tech), a empregada robô (já estamos quase lá - nessa semana eu posto algo sobre isso), carros que voavam e tantas outras coisas.

A tecnologia tem evoluído numa velocidade maior do que as pessoas estavam se preparando para suportar... e isso tem feito com que todos nós nos adaptemos às nossas criações. Há algum tempo é a criatura que tem moldado o criador! Mas deixando de blá-blá-blá, vamos ao que interessa: a grande novidade (que já não é tããão novidade assim) é a impressora 3D, digna dos desenhos dos Jetsons.

A impressora 3D é uma impressora que faz qualquer tipo de objeto (desde que seja compatível com o tamanho da máquina, é claro) em resina ou silicone. Já existem alguns modelos com máquinas maiores ou menores do que esta mostrada no vídeo abaixo. Essa daqui faz objetos coloridos. Fazer uma maquete agora vai ser coisa de criança.

- Efeito Chroma Key -

Como na última postagem colocamos o trabalho sincronizado dos japoneses brincando com as possibilidades do Chroma Key, vamos colocar agora um vídeo brasileiro.

Há um tempo atrás, a Caixa Econômica Federal fez algumas propagandas criando um personagem específico pra eles que era o Monstro, numa alusão ao monstro dos juros dos outros bancos (se me lembro bem). Numa dessas propagandas, o Monstro aparecia jogando bola, mas não acertava nada. Nessa época apareceu na rede um vídeo feito por eles, brincando com o efeito chroma key.

Veja como se tornar o maior craque do mundo:

segunda-feira, 10 de março de 2008

- Arte de Japonês II -

Outro vídeo japonês que mostra outra cena com o mesmo processo do último públicado (e me parece que da mesma equipe). Este não é tão famoso como o da mesa de ping pong, mas é tão ou mais fantástico, porque eles brincam com mais elementos externos, como água, catchup, pratos, etc.

É uma briga de casal que é contada brincando com os efeitos de cena de Matrix, mostrando a consequência de um acidente bobo. O mais impressionante nesta apresentação é que a equipe mostra a briga toda no curso natural, em câmera lenta e a cena é retrocedida para que possamos ver como tudo começou... o grande detalhe, é que tudo isso é feito na hora pela equipe, sem qualquer ajuda de câmera ou edição.

É inevitável não pensar em quantas horas de ensaio foi preciso pra tudo sair tão preciso como é.

- Arte de Japonês -

Este vídeo japonês é muito famoso na Internet. É um jogo de ping-pong super disputado, utilizando a técnica do efeito chroma-key, mas sem a edição do computador. É interessante porque vêmos a habilidade e o trabalho em conjunto perfeitamente sincronizado da equipe.

Pra quem não se lembra, o efeito chroma-key é aquele artifício muito usado pelo cinema e televisão em que os atores encenam tendo como fundo uma tela verde ou azul que posteriormente será anulada com a ajuda da tecnologia para que os atores possam ser inseridos em qualquer cenário, como se realmente estivessem lá.

A grande sacada deste vídeo é fazer o impossível se tornar algo corriqueiro, mesmo que pra isso o ângulo de visão seja mudado. Fantástico!

sexta-feira, 7 de março de 2008

- O Futuro do Celular -

Na verdade eu nem ia postar mais nada hoje, mas um vídeo me chamou a atenção e resolvi colocá-los aqui pra vocês verem também.

Vi este vídeo no blog Videorama, do site da revista Super interessante. É uma visão do futuro da Nokia para a telefonia móvel e é simplesmente fantástico. Segundo o vídeo, o conceito "morph" demonstra algumas das possibilidades de futuro da nanotecnologia para tornar o celular ainda mais útil no dia-a-dia do que é hoje. Se o celular no futuro fizer tudo isso que mostram, o meu já tá garantido.

É engraçado ver essas previsões porque enquanto via, é quase automático pensarmos em quanto ficariam espantadas as pessoas há uns 20 anos atrás se vissem as coisas que podemos fazer hoje. Celular com tecnologia pra ver TV (e em muito breve, TV digital), ver imagens via satélite de qualquer lugar do planeta (ou quase) pela internet, DVDs, TVs de plasma. São tantas coisas que não existiam em 1988. E com certeza as pessoas de 2028 vão falar a mesma coisa de hoje.

O nosso mundo cheio de gadgets (pra quem não sabe, é o termo usado pra essas novidades eletrônicas que toda hora aparece por aí) está cada dia mais acelerado na sua própria evolução. E lá vamos nós:

- A arte do Google -

Podem falar o que quiser da Google! Podem chamá-la de monopolizadora, do que for... mas de uma coisa ninguém pode reclamar: alguns serviços que a empresa oferece são realmente muito bons! Um desses casos é o serviço de e-mail da Google - o Gmail. Muito espaço, super prático e fácil, entre tantas outras coisinhas que fazem muita diferença. Agora as outras contas de e-mail que eu tenho são secundárias. Recomendo!

Pois é... mas na Rússia, a equipe do Google percebeu que haviam poucas pessoas se cadastrando no Gmail. E como atrair essas pessoas para eles? E aí a criatividade aflorou... fizeram então um comercial que é fantástico. Não usaram efeitos especiais de computação gráfica, não usaram estrelas de Hollywood: usaram arte! E que arte trabalhosa. Criaram uma página do Gmail gigantesca com tudo que tinham e ficou fantástico. Confiram:

- Animação Canadense -

E já que hoje estamos tratando do assunto arte da atualidade, vamos para a animação. A animação hoje é tão bem sucedida que o filme Ratatouille, que conta a vida de um rato francês que tinha o dom de cozinhar, mas que por motivos óbvios não poderia ser visto cozinhando, concorreu ao oscar de melhor animação (e venceu), mas foi muito cogitado que a animação concorresse para melhor filme. Hoje as animações tem a vantagem de um universo ilimitado de possibilidades e como aliado, bons roteiros que tem surgido com cada vez mais frequência.

Esta animação canadense (me perdoem, mas não sei quem fez) fala sobre a curiosidade. É muito legal, principalmente quando o final revela o mistério todo em volta das caixas que estão espalhadas. Vale a pena ver!

- Trompe L'Oeil - Curtis Heuser -

Como prometido, aqui está um vídeo sobre o Trompe L'oeil, técnica descrita no último post. Aqui temos uma entrevista com o artista Curtis Heuser sobre o seu trabalho. Não tenho tido contato ultimamente com as tendências da área, mas tenho a impressão de que esta técnica tem sido redescoberta com o passar do tempo.

De fato, é uma tendência natural hoje em dia que as artes tenham uma maior interação com o espectador. É o teatro que já vem há alguns anos interagindo com a platéia, são as instalações que pedem a participação do público, é a música se aliando às imagens, ao vídeo, é o cinema mudando a forma de filmagem, explorando possibilidades, entre tantos outros exemplos. E é isto que o Trompe L'Oeil já fazia desde que foi criado.

quinta-feira, 6 de março de 2008

- Andy McKee -

Como ultimamente não postei muita coisa sobre música (na verdade um só sobre isso), vamos logo chutar o pau da barraca e mostrar o trabalho de Andy McKee. O cara é um virtuose do violão. Toca muito!

Não conhecia o trabalho dessa fera... descobri por acaso mesmo! Não sei tocar instrumento nenhum e portanto não sou a melhor pessoa pra falar sobre isso, mas esse cara é fantástico! Ele consegue sozinho num violão fazer baixo, solo e bateria. E pra piorar, faz isso tudo parecer ser uma coisa fácil, corriqueira.

Aposto o que for que esse cara praticava (e pratica) mais de 8 horas por dia, isso se não dormir com o violão do lado (rs).

Vale a pena conferir!

- Julian Beever -

Conhecido como "Pavement Picasso" (Picasso do Asfalto) é um artista que usa e abusa da ilusão de ótica. Usando o giz pastel (acho que é pastel), ele faz desenhos nas calçadas de Nova York e fotografa o seu trabalho, brincando com a ilusão que o seu trabalho cria. O seu trabalho só funciona se visto do ângulo certo. É um artista impressionante pelo seu domínio de profundidade, que é fora de série.



Este trabalho é na verdade uma variação do Trompe L'Oeil, tipo de pintura feita em ambientes com o propósito de iludir quem observa e que amanhã vamos postar por aqui um vídeo sobre isso. De fato, as pinturas que buscam retratar com fidelidade a realidade não deixam de ser trompe l'oeil também. Enfim, é uma técnica antiga readaptada por Julian Beever à modernidade.

Uma pergunta que todo mundo se faz meio que insconscientemente é: "Como esse cara faz isso?". Pra responder essa pergunta, veja o vídeo abaixo. E esse é o fantástico mundo da arte!

- Mais de Ron Mueck -

Pra quem viu o vídeo postado ontem sobre o trabalho do escultor australiano Ron Mueck, vai mais um aí...

Algumas vezes a gente fica na dúvida se é uma escultura mesmo. Um trabalho super detalhista, que exige uma paciência zen.

quarta-feira, 5 de março de 2008

- Ron Mueck -

Esse é o cara!!!

Escultor hiper realista, é atualmente o mais impressionante artista em atividade. Suas criações recriando o universo humano é de deixar qualquer um de queixo caído. Para não criar maiores confusões (suponho que deve ser por isso), ele só faz esculturas proporcionalmente maiores ou menores do que uma pessoa de verdade.

É realmente fora de série!!!

- Salvador Dalí -

Aqui está outro grande pintor!

Salvador Dalí é outra figuraça... outro pintor moderno que conseguiu se dar bem com a sua própria arte. Soube também se aproveitar da sua imagem excêntrica, assim como da imagem criada em torno dele.



Pintor surrealista e autor de obras que misturavam o universo dos sonhos, teve o seu papel de destaque na história da pintura, inclusive participando da criação do filme "O Cão Andaluz", ao lado de Luís Buñuel.

Cena de "O Cão Andaluz" :


Aqui estão alguns exemplos deste figuraça (em todos os sentidos da palavra)

- Pablo Picasso -

Estava faltando falar das artes plásticas... então vamos falar do gênio da pintura na prática.

O espanhol Pablo Picasso (não vou falar o nome dele completo porque eu também nem me lembraria agora... são uns 10 sobrenomes) é um dos nomes mais importantes da história da pintura. Mesmo que você não conheça absolutamente nada de arte, provavelmente você já ouviu falar o nome desse senhor. É um dos poucos pintores que conseguiram sobreviver confortavelmente com o fruto de sua arte.



Virou um ícone e sua história é recheada de fatos curiosos que se são quase lendas. Além de pintar e esculpir, Picasso era um pensador e sempre soltava uma frase de efeito. Muito se conta da vida artística de Picasso: dizem que seu pai, também um pintor, parou de pintar assim que o filho ingressou na arte, por reconhecer nele um talento imbatível. Conta-se também que, antes da fama, ele visitava os museus e perguntava se lá havia um Picasso. É difícil separar os fatos das lendas em torno deste grande artista.

Criou ao lado de Georges Braque o movimento cubista, que revolucionou o mundo artístico. Grande desenhista, dizia que ao longo do tempo teve que aprender a desenhar e pintar como uma criança para alcançar o que ele realmente pretendia.

Nestes vídeos podemos ter uma breve amostra do que é Pablo Picasso.

terça-feira, 4 de março de 2008

- A influência do Stallone -

E pra fechar com chave de ouro as postagens do dia de hoje, vamos ao "gran finale"!

O ápice da carreira de Stallone veio com o fillme Rocky - Um Lutador. No filme ele mostra a vida de um lutador mediano de boxe que tem uma oportunidade de ouro. O nome veio como uma clara inspiração ao Rocky Marciano, filho de um imigrante italiano e o maior lutador de todos os tempos em todas as categorias (acreditam alguns), que detém marcas até hoje não superadas como a de nunca ter sofrido uma derrota (49 vitórias em 49 lutas - 43 por knockout), sendo inclusive o último campeão branco dos pesos pesados.

Stallone ganhou oscar com Rocky, o que fez com que este filme seja ainda mais influente do que Rambo, mas também é um prato cheio para os comediantes. Vamos ver aqui o rei das caretas, Jim Carrey, interpretando uma luta de Rocky Balboa versus Grace Jones, ícone pop dos anos 80 (participou também do filme Conan - O Destruidor fazendo o papel de uma guerreira zulu, se estou correto).

Jim Carrey, no começo de sua carreira, faz nesse breve vídeo uma ótima atuação como Rocky, imitando a boca torta de Stallone e fazendo uma voz muito legal. É própria arte de se fazer uma paródia!

Ação:

- A influência do Rambo -

É realmente muito engraçado o quanto o personagem de Sylvester Stallone influenciou algumas pessoas pelo mundo afora.

Aconteceu no Brasil também. Rambu é a versão amazonense do Rambo e que ganhou os seus minutos de fama nacional depois de sair no "Fantástico". Como não poderia deixar de ser, é um cara malhado que produz os seus próprios filmes com recursos limitadíssimos. É tosqueira pura, mas é engraçado, principalmente se pararmos um pouquinho pra pensar na influência de Stallone nas pessoas.



O Rambo da Amazônia resolveu se chamar Rambu pra evitar problemas com os direitos autorais do original, mas mal sabia ele (e talvez nem saiba ainda) que já existe um outro Rambu, tão tosco (ou mais) quanto ele. Este outro está na Indonésia e é uma comédia também... a diferença é que a produção é um pouquinho melhor e ele fala um inglês bem americano (o que me fez desconfiar que na verdade fosse uma tosqueira americana mesmo). Não só a produção é melhor como a imaginação também, pois foi a primeira vez que eu vi um herói combater os inimigos folgados com uma pedra bumerangue (ou seria uma maçã bumerangue?). O cara joga acerta os bandidos, o carro, o diabo que seja e o objeto volta!!! Muito comédia.



É Sr. Stallone... mais uns anos com esses personagens no mercado e vamos ter uma série de comédias sem igual!

- Rambo IV -

E lá vem o Rambo de novo!

Quando todos pareciam certos de que Stallone já tinha se contentado em reviver o lutador Rocky Balboa no fim de 2006, começo de 2007, aparece ele com o Rambo de novo! É claro que Rambo foi um filme que todo mundo viu (inclusive porque o 1º filme era realmente bom) e influenciou muita gente, dando de quebra um gás extra para mais duas sequências. Mas a pergunta que fica é: "...e esse novo aí?"

Como estava comentando outro dia numa conversa com amigos, parece que o Sr. Silvester Stallone está começando a viver a crise da terceira idade... e antes que os fãs se "descabelem", o meu argumento é óbvio: o cara com seus 60 e sabe-se lá quanto de idade, faz novamente um filme vivendo o personagem John Rambo e que, só de raiva, é o filme mais sangrento de todos? Ainda não vi o filme, mas só do que eu vi no trailer já dá um banho de sangue nos outros. Fica aquela mesma frescura do "não vou lá salvar ninguém", "não vou lá salvar ninguém" e quando ele resolve finalmente, não se contenta apenas em chutar o balde... metralha o coitado!

Mas falar assim apenas vendo o trailer é meio complicado... é bom ver! Mas enquando isso, vamos ao trailer:

segunda-feira, 3 de março de 2008

- Homem de Ferro - Novo Trailer -

Pois é gente... como eu tinha postado há uns dias o trailer do filme do Homem de Ferro, achei que seria legal colocar esta nova versão que apareceu. Pra quem curte, é um prato cheio!

Vamos ver se o filme vai corresponder!

Iron Man Exclusive Trailer

Adicionar ao Meu Perfil Mais Vídeos

- William Kanengiser -

William Kanengiser

Não tem coisa melhor em música do que ouvir um instrumento bem tocado... e um belo dia um amigo meu me mostrou o trabalho desse violonista. De tão bom, chega a ser indecente (ainda mais para quem não sabe tocar nenhum instrumento!)

Aqui ele toca uma sonata de Mozart. Apenas ouvindo, a gente jura que tem uns dois violões sendo tocados ao mesmo tempo.

sábado, 1 de março de 2008

- O Homem de Ferro -

O Homem de Ferro

Com estréia mundial marcada para dia 02 de maio, é grande a expectativa (pelo menos a minha) para ver a recriação para o cinema das histórias em quadrinhos do super-herói Homem de Ferro.

É claro que é muito difícil avaliar se um filme é bom ou não apenas pelo trailer (que geralmente faz com que qualquer porcaria vire o filme do ano), mas está promentendo. Já tem uns bons anos que existe a promessa de filmar a saga desse herói que estava de férias no limbo do mundo fantástico do gibi.

Para os que não estão familiarizados com a história do personagem, o Homem de Ferro é na verdade o industrial e inventor bilionário Tony Stark, que cria uma super armadura que só falta fazer chover. Pelo que pude observar no trailer do filme (pelo jeito, tô virando analista de trailer - se bem que pesquei um pouco da sinopse do filme no site também... rs), a história é a do bilionário que inventa um produto high-tech e almeja vendê-lo para o exército, mas no meio do caminho é sequestrado e forçado a criar uma arma desvastadora, mas que ele parece não saber para que fim será usado. Depois ele parece descobrir que seu invento trará graves consequências globais e então, lá vai ele arregaçar as mangas e partir pra porrada.

O herói será vivido por Robert DowneyJr., brilhante ator que fez um belíssimo papel encarnando Charles Chaplin no filme biográfico "Chaplin", que conta a história deste gênio do cinema mudo. Para quem quiser saber e ver mais coisas do filme, acessem o site oficial do filme.

E vamos ao que interessa: