terça-feira, 19 de agosto de 2008

- Clip - Pearl Jam -

Do the Evolution

Como já faz um tempinho que não tocamos no assunto "música" aqui, vamos hoje tratar de um videoclipe muito bom do Pearl Jam: o "Do The Evolution". Antes de falar do clipe, vamos começar pela banda, que tem mostrado que não se trata de apenas mais uma no louco mundo do showbizz. O Pearl Jam é uma banda de Seattle surgida em meio ao movimento grunge no início dos anos 90 e que já no seu disco de estréia (Ten), conseguiu emplacar o album como um dos mais importantes do grunge e de rock, além, é claro, de fazê-los muito famosos. A banda ainda está na ativa e é uma das poucas que conseguiram sobreviver ao grunge, amadurecendo muito de lá pra cá e também mudado um pouco o seu estilo (o que frustou alguns fãs que acompanhavam desde o início da carreira), o que é absolutamente normal.

Algumas curiosidades em torno do Pearl Jam servem para mostrar que não se trata de apenas mais uma banda como, por exemplo, a ação movida contra a Ticketmaster (empresa que domina o mercado de venda de ingressos nos Estados Unidos) reinvidicando que a empresa reduzisse seus lucros, diminuindo os valores dos ingressos e assim, beneficiando o público, um belíssimo exemplo de respeito para com os fãs. O Pearl Jam também mostra sua preocupação com temas sociais, como participar de um disco em benefício as vítimas de Kosovo e de, através das letras de suas músicas, criticar duramente a postura bélica assumida pelo governo de George W. Bush (no disco Pearl Jam, de 2006).

O clipe "Do The Evolution" é uma animação feita por Todd McFarlane, criador do personagem de quadrinhos Spawn. O clipe é uma dura crítica contra a opressão, o comportamento humano, a omissão e a ignorância.

video

5 comentários:

  1. Bela postagem.A ignorância deve ser detida.
    Um grande abraço, apareça.

    ResponderExcluir
  2. Pois é, amigo!
    Você já sabe que gosto de ler e pensar em cima de tudo...Volto!
    Mas, antes de ir, vou te deixando gratidão, carinho e o desejo de um ótimo final de semana!Bjssss

    ResponderExcluir
  3. Voltei, amigo!
    Como parei no tempo, desde os Rolling Stones, Pink Floyd (boa, né?), por aí...E tendo em vista as muitas porcarias que a indústria fonográgica nos empurram goela abaixo, preferi "viver do glorosioso" passado musical mundial e isso me tem bastado. Porém, lendo detidamente o que você disse, fiquei até tentada em ouvir essa banda. Música sem mensagem, pra mim, fica muito difícil.
    Teu blog, sempre antenado, gosto disso!
    Muito bom domingo!Bjs

    ResponderExcluir
  4. Gostou?
    A tua opinião tem peso, sabia?
    Obrigada e ótima noite!

    ResponderExcluir
  5. Malcriado, vim parar aqui graças aos seus comentários em outros blogs, fiquei curioso em saber quem se esconde por trás de uma criação do Matt Groening e ao chegar aqui foram tantas gratas surpresas! Cara, seu blog é muuuuuito bacana e tem muito do que que gosto ("it's evolution, babe!!"), música, cinema, tecnologia, etc, etc e também etc. (rsrs)
    E aí vim aqui fazer esse comentário e encontrei a nova e doida (no melhor sentido) amiga Vanuza - aí tudo ficou bem amarrado.
    Te convido, então, pra um Café lá na minha Zona (http://zonadocafe.blogspot.com) e caso você goste do ambiente, poderemos trocar várias idéias; além disso, com o seu OK, poderei colocar lá um link pra cá, e talvez você possa fazer o vice-versa depois.
    Agora não vai dar tempo, mas voltarei depois para explorar seu blog com a devida atenção.
    Um abraço!

    ResponderExcluir